Agência Nacional do Cinema
Translate traduzir ImprimirImprimir 27/06/2016 18:09

ANCINE divulga aprovados para fase de Defesa Oral na Chamada PRODECINE 01/2015 do Programa Brasil de Todas as Telas

Um total de 74 projetos será apresentado ao Comitê de Investimento do FSA. Proponentes têm dez dias para atualizar inscrições no sistema

Preview
Ampliar

A ANCINE e o Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul (BRDE) divulgaram a Ata da Reunião de Análise de Recursos e Lista Definitiva dos projetos aprovados para a fase de Defesa Oral da Chamada Pública PRODECINE 01/2015 do Programa Brasil de Todas as Telas. Após a avaliação de 47 recursos interpostos, um total de 74 projetos, incluindo os de maior pontuação geral e os contemplados nas cotas regionais, passa agora à fase de defesa oral, quando os proponentes terão a oportunidade de defender e apresentar presencialmente os seus projetos aos membros do Comitê de Investimento do FSA.

As datas e horários marcados para as apresentações de cada projeto, assim como regras e procedimentos para a participação na fase de defesa oral estão dispostas no documento de Convocação, publicado no site do BRDE.
 

O edital, que disponibiliza R$ 40 milhões em recursos do Fundo Setorial do Audiovisual (FSA) para investimentos em projetos de longas-metragens de ficção, animação ou documentário destinados às salas de cinema, totalizou 278 projetos inscritos, dos quais 239 foram aprovados na etapa de habilitação.
 

Os proponentes responsáveis pelos projetos classificados para a fase de Defesa Oral têm o prazo de dez dias para atualizar o formulário de inscrição do projeto no sistema.


Saiba mais sobre o Programa Brasil de Todas as Telas


O Programa Brasil de Todas as Telas, lançado em julho de 2014, foi moldado para atuar na expansão do mercado e na universalização do acesso às obras audiovisuais brasileiras. O Programa, uma ampla ação governamental que visa transformar o País em um centro relevante de produção e programação de conteúdos audiovisuais, foi formulado pela ANCINE em parceria com o MinC, e com a colaboração do setor audiovisual por meio de seus representantes no Comitê Gestor do Fundo Setorial do Audiovisual - FSA.


Os resultados do Programa vêm superando as metas estabelecidas. Foram 437 longas-metragens e 396 séries ou telefilmes apoiados. A aposta no investimento em desenvolvimento de projetos também foi bem-sucedida, rendendo a estruturação de 69 núcleos criativos em todas as regiões do país, e garantindo o desenvolvimento de 700 novos projetos de obras audiovisuais.
 

Em seu terceiro ano, o Programa Brasil de Todas as Telas garante a continuidade de uma política pública vigorosa para o audiovisual brasileiro.

 

Formulário de busca

Plano de Diretrizes e Metas

  • Conselho Superior do Cinema

Mapa de Mostras e Festivais

Mapa de Complexos Cinematográficos

Governo Federal

 
Ícone Webmail Webmail Ícone Mapa Mapa do site SEI
Agência Nacional do Cinema - Ministério da Cidadania - Governo Federal