Agência Nacional do Cinema
Translate traduzir ImprimirImprimir 30/11/2004 18:00

ACERVOS EMBRAFILME E CONCINE, RECUPERADOS (Rio de Janeiro, 30/11/2004)

Acervos EMBRAFILME e CONCINE, recuperados, serão disponibilizados ao público pela ANCINE.

Comunicado à Imprensa

Acervos EMBRAFILME e CONCINE, recuperados, serão disponibilizados ao público pela ANCINE

Rio de Janeiro,30/11/2004 - A Agência Nacional do Cinema – ANCINE – comunica que o acervo documental dos órgãos extintos EMBRAFILME e CONCINE, que encontrava-se no subsolo do prédio do Ministério da Cultura em Brasília, está em adiantado processo de recuperação para ser disponibilizado ao público. O acervo abrange farta documentação e material audiovisual (fitas de vídeo, fitas magnéticas, películas e microfilmes). Por contrato com a Fundação de Empreendimentos Científicos e Tecnológicos - FINATEC, teve inicio em novembro de 2002 o processo de triagem da documentação, que totaliza 956 metros lineares, que após higienizada, separada e classificada segundo técnicas arquivísticas, encontra-se acondicionada em caixas e arquivos tecnicamente apropriados.

A posse e guarda deste acervo foi transferida do MinC para a ANCINE, pelo Decreto 4.456/02. O material abrange toda a documentação do cinema brasileiro desde a década de 1930, constando todos os registros de filmes que foram exibidos no país, tanto no cinema quanto na TV, os processos relativos à produção de filmes no período da EMBRAFILME e os borderôs das salas de exibição das décadas de 70 e 80, dentre vasta documentação que se constitui num material de pesquisa fundamental para a compreensão da atividade cinematográfica no país e essencial para o trabalho de consulta de pesquisadores e historiadores.

A contratada, FINATEC, entidade vinculada à Universidade de Brasília, responsável por trabalhos similares em diversos Ministérios, detém em seu corpo técnico, alunos do curso de Arquivologia da UnB, sob orientação dos professores da área, e contou com a participação de 4 técnicos do Arquivo Nacional, órgão responsável pela definição dos parâmetros para a recuperação e conservação de documentos no país e de supervisores da ANCINE, na fase inicial de avaliação do material. Também foi estabelecida uma parceria com a Cinemateca Brasileira, órgão do MinC, para obtenção de laudo técnico pericial de material audiovisual (películas, vídeos e fitas magnéticas) para posterior definição de sua destinação.

As informações de interesse, extraídas da documentação, foram compiladas e serão inseridas no sistema informatizado de classificação e localização denominado MicroIsis, de uso internacional apropriado para o procedimento arquivístico. No momento, o trabalho encontra-se em fase final de elaboração do Plano de Destinação de Documentos dos Fundos Arquivísticos a ser submetido à aprovação do Arquivo Nacional, estando prevista sua disponibilização ao público, para consulta, no primeiro trimestre de 2005.


Assessoria de Comunicação
ANCINE

 
 
Ícone Webmail Webmail Ícone Mapa Mapa do site SEI
Agência Nacional do Cinema - Ministério da Cidadania - Governo Federal