Agência Nacional do Cinema
Translate traduzir ImprimirImprimir 13/12/2018 16:29

ANCINE anuncia Edital de Coprodução Mundo no Ventana Sur

Diretor-presidente, Christian de Castro, apresentou também um balanço dos investimentos internacionais da Agência 

Preview
Ampliar
Christian de Castro apresenta o "Edital de Coprodução Mundo" durante Ventana Sur
A ANCINE participa nesta semana, em Buenos Aires, da 10ª edição do Ventana Sur, evento realizado por iniciativa do Marché du Film - Festival de Cannes, em parceria com o INCAA - Instituto Nacional de Cinema e Artes Audiovisuais da Argentina. 
 
 
 
Na quarta-feira, 12 de dezembro, o diretor-presidente da ANCINE, Christian de Castro, anunciou no evento o “Edital de Coprodução Mundo”, linha de coprodução internacional para cinema e TV.  Serão investidos R$ 36,8 milhões, sendo R$ 18, 15 milhões para cinema e R$ 18,65 milhões para TV. O edital funcionará na modalidade de fluxo contínuo, e atenderá a projetos cujas produtoras brasileiras sejam minoritárias ou majoritárias. Serão exigidos contratos de distribuição, para os projetos de cinema, e contratos de pré-licenciamento, para os projetos de TV.
 
 
“Nos últimos anos, a ANCINE tem colocado em média R$ 5 milhões por ano em coproduções internacionais. Foram investidos algo em torno de R$ 29 milhões nos editais minoritários. Este ano, no Plano Anual de Investimento foi aprovado aproximadamente R$ 42 milhões de recursos do FSA em coproduções internacionais. O objetivo é fazer com que o empreendedor do audiovisual brasileiro consiga ser mais competitivo no mercado internacional, para coproduzir mais e atrair mais investimento”, explica Christian. 
 
 
 
 
No mesmo dia, em evento organizado pelo INCAA e pela ANCINE, Christian de Castro e o assessor internacional, Gustavo Rolla, se reuniram com produtores brasileiros e argentinos para um balanço dos oito anos de editais de coprodução Brasil- Argentina e para propor melhorias e simplificações de processos nos editais futuros. “Em sete edições desses editais, foram investidos US$ 1,8 milhões em 14 projetos de cada país. De 26 filmes contratados, 16 já foram lançados e 4 filmes têm previsão de lançamento para 2019 ou estão em pós-produção. A maioria dessas produções correram o mundo, participando de festivais Internacionais e sendo comercializados em outros países. Sem dúvida, a chancela da coprodução aumenta essas oportunidades”, avalia o presidente.  
 
 
 
 
Christian de Castro aproveitou a viagem para realizar também uma série de reuniões com instituições internacionais. Na terça-feira, 11 de dezembro, em encontro com o British Film Institute – BFI, foram debatidas ações para o ano de 2019 com o objetivo de ativar o acordo de coprodução entre Brasil e Reino Unido e de ampliar a cooperação entre as cinematografias dos dois países. 
 
 
Christian se reuniu também com Sergio Garcia de Leaniz, representante do Eurimages, fundo do Conselho da Europa que presta assistência à coprodução, à distribuição e à exploração das obras cinematográficas europeias. “As autoridades conversaram sobre as possibilidades de entrada do Brasil no Fundo e as vantagens para os produtores brasileiros nesse processo”, explicou o assessor internacional, Gustavo Rolla.
 
 
O presidente da ANCINE foi recebido ainda pelo Embaixador do Brasil na Argentina, Sérgio França Danese, com quem discutiu possibilidades de fortalecimento da parceria entre os dois países no campo cinematográfico e audiovisual. Acompanharam a reunião a Diretora do Departamento Cultural do Ministério das Relações Exteriores, Paula Alves de Souza, e o Diretor de Assuntos Internacionais do Ministério da Cultura, Adam Muniz.
 
Sobre o Ventana Sur
 
O Ventana Sur é o mercado mais importante de conteúdos audiovisuais na América Latina, e já é um evento programado no calendário de distribuidores e compradores da indústria internacional. Seu objetivo é aumentar a distribuição internacional de filmes latino-americanos e estimular sua circulação na América Latina e no mundo. Este ano, o Ventana Sur recebe mais de 5.000 profissionais internacionais, entre eles, distribuidores e profissionais de importantes redes e plataformas internacionais.
 
 
Durante o mercado, várias salas de cinema exibem filmes diariamente em sessões de market screening, oferecendo a potenciais compradores a oportunidade de assisti-los na grande tela. E uma moderna estrutura e videoteca (Vídeo Librería) permite aos compradores assistir às mais recentes produções da Argentina e da América Latina. Através de suas diferentes seções e atividades, tais como Blood Window, Fiction Factory, Animation!, Primer Corte, Copia Final, o Ventana Sur inclui e promove conteúdos latino-americanos de todos os gêneros e formatos, e oferece uma ampla variedade de possibilidades de negócios.
  1. Encontro com produtores durante o evento Ventana Sur, em Buenos Aires

    Galeria
  2. Reunião com produtores sobre investimentos internacionais da ANCINE

    Galeria
  3. Reunião com produtores sobre investimentos internacionais da ANCINE

    Galeria
  4. Diretor-presidente da ANCINE, Christian de Castro, e o Embaixador do Brasil na Argentina, Sérgio França Danese

    Galeria
 

Formulário de busca

 
Ícone Webmail Webmail Ícone Mapa Mapa do site SEI
Agência Nacional do Cinema - Ministério da Cidadania - Governo Federal