Agência Nacional do Cinema
Translate traduzir ImprimirImprimir 04/07/2019 14:56

ANCINE apresenta números expressivos no fomento à indústria audiovisual nacional em 2019

No primeiro semestre do ano, o desembolso para projetos em fomento direto já ultrapassa R$ 230 milhões

 

Preview
Ampliar

A ANCINE iniciou o ano de 2019 com resultados extremamente positivos nas políticas de incentivo à cadeia audiovisual. Foram contratações e desembolsos de recursos para projetos já selecionados, lançamentos de novos editais e divulgação dos resultados de editais que estavam em andamento. Tudo isso apenas no fomento direto, as iniciativas apoiadas por recursos do Fundo Setorial Audiovisual - FSA. A essas ações se somam ainda os projetos que buscam recursos nos mecanismos de fomento indireto, como os Funcines, os artigos da Lei do Audiovisual e outras formas de renúncia fiscal.

 

Os números do primeiro semestre sinalizam que 2019 deve ser mais um ano de crescimento da indústria audiovisual nacional. O ano se iniciou com o lançamento de dois editais de coprodução internacional (Brasil-Chile e Mundo, este com quatro Modalidades) que, juntos somam mais de R$ 37 milhões de reais em investimentos.

 

Para projetos que já haviam sido selecionados em chamadas anteriores, o primeiro semestre de 2019 está realmente movimentado. Foram contratados 369 projetos em 27 linhas, que somam mais de 287 milhões de reais. Dentro do universo de projetos contatados, já foram desembolsados mais de 230 milhões de reais, para projetos de 18 estados e Distrito Federal.

 

Ainda no fomento direto, nos primeiros seis meses de 2019, a ANCINE divulgou 142 projetos selecionados em 11 editais. Os aportes nesses projetos totalizam mais de R$ 107 milhões, que devem ser contratados e desembolsados nos próximos meses. Os recursos serão aportados em produções de 13 estados e do Distrito Federal.

 

Nos mecanismos de fomento indireto, os resultados do audiovisual nacional também apresentam números positivos. Até agora já foram aprovados para captação 241 projetos de 12 estados e Distrito Federal. Os produtores foram autorizados a captar R$ 736 milhões via renúncia fiscal.

 

E o segundo semestre já começou com novos investimentos. Somente na segunda-feira, 1º de julho, foram publicadas no DOU as Decisões de Investimento relativas a 36 projetos, totalizando mais de 23 milhões.

 

A ANCINE manifesta imensa satisfação com os resultados positivos das políticas de fomento em 2019 e reafirma seu compromisso com desenvolvimento da indústria audiovisual nacional.

 

Veja como os recursos do FSA investidos no primeiro semestre de 2019 foram distribuídos. 

 
 
Ícone Webmail Webmail Ícone Mapa Mapa do site SEI
Agência Nacional do Cinema - Ministério da Cidadania - Governo Federal