Agência Nacional do Cinema
Translate traduzir ImprimirImprimir 16/11/2016 11:25

ANCINE divulga filmes selecionados para os Encontros com o Cinema Brasileiro com o BAFICI

Curadora Magdalena Soledad Arau verá 12 longas entre os dias 23 e 25 de novembro, no Rio de Janeiro

Preview
Ampliar
Curador do Festival de Roterdã, Gerwin Tamsma esteve no Rio de Janeiro para a 19ª edição dos Encontros

A ANCINE divulgou nesta quarta-feira, 16 de novembro, os longas-metragens selecionados para exibição na 20ª edição do Programa Encontros com o Cinema Brasileiro, com o  BAFICI - Festival Internacional de Cinema Independente de Buenos Aires. A curadora Magdalena Soledad Arau assistirá aos filmes no Rio de Janeiro, entre os dias 23 e 25 de novembro, em sessões exclusivas na Cinemateca do MAM e na Sala Gustavo Dahl, no escritório central da ANCINE. A próxima edição do BAFICI está marcada para 19 a 20 de abril de 2017, na Argentina.



A curadora do BAFICI selecionou os seguintes títulos:


"Em 97 era assim", de Zeca Brito (Panda Filmes/ Coelho Voador/ Anti Filmes)
"Abaixo a gravidade!", de Edgard Navarro (Truque Produtora de Cinema)
"Guerra do Paraguay", de Luiz Rosemberg Filho (Cavídeo)
"Jaqueline, Mississipi", de Anderson Simão (O Quadro)
"Para ter onde ir", de Jorane Castro (Cabocla Filmes)
"Pela janela", de Caroline Leone (Dezenove Som e Imagem)
"A cidade do futuro", de Cláudio Marques e Marília Hughes (Coisa de Cinema)
"O amor de Catarina", de Gil Baroni (Beija Flor Filmes)
"Super orquestra arcoverdense de ritmos americanos", de Sérgio Oliveira (Aroma Filmes)
"Histórias que nosso cinema (não) contava", de Fernanda Pessoa (Studio Riff e Pessoa Produções)
"Meu corpo é político", de Alice Riff (Studio Riff e Paideia Filmes)
"Perdido em Júpiter", de Deo (+1! Filmes)


Três entre os doze longas selecionados foram realizados por empresas produtoras associadas ao Programa Cinema do Brasil, parceiro dos Encontros. Os filmes foram selecionados diretamente pela curadora, a partir dos teasers e das informações fornecidas pelas inscrições no programa. Para além das sessões, a curadora tem a oportunidade de montar suas próprias agendas de encontros com produtores e realizadores brasileiros.


Como funcionam os Encontros com o Cinema Brasileiro


O Programa Encontros com o Cinema Brasileiro é uma iniciativa da ANCINE, em parceria com o Ministério das Relações Exteriores (MRE), com o objetivo de aumentar a visibilidade do cinema brasileiro no mercado internacional, investindo na aproximação das relações com os curadores dos principais festivais do mundo. O programa foi planejado levando em conta o calendário de realização dos festivais, aumentando as chances de participação dos filmes brasileiros e, consequentemente, a inserção internacional do nosso cinema.

A participação dos festivais em cada etapa do programa é definida levando em conta o calendário de cada um, para que os encontros aconteçam no período em que está efetivamente sendo feita a escolha dos filmes que integrarão sua programação. Em edições anteriores, já vieram ao Brasil curadores de festivais internacionais de cinema como os de Cannes, San Sebastián, Locarno, Roterdã, Berlim, Sundance, Veneza, Roma, Havana e IDFA - Festival de Documentários de Amsterdã.

Clique aqui e saiba mais sobre o Programa Encontros com o Cinema Brasileiro.

 
 
Ícone Webmail Webmail Ícone Mapa Mapa do site SEI
Agência Nacional do Cinema - Ministério da Cidadania - Governo Federal