Agência Nacional do Cinema
Campanha O audiovisual brasileiro é o Brasil assistindo ao Brasil
Tamanho da letra
  • botão de diminuição de letra
  • botão para letra voltar ao tamanho normal
  • botão para aumento de letra
Translate traduzir ImprimirImprimir 12/07/2017 14:03

ANCINE divulga novos projetos selecionados nas linhas de fluxo contínuo do Programa Brasil de Todas as Telas

Entre as produções contempladas, nove longas-metragens e três séries para a televisão receberão mais de R$ 17 milhões do Fundo Setorial do Audiovisual

Preview
Ampliar

A ANCINE e o Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul (BRDE) divulgam nova lista com projetos contemplados dentro do Programa Brasil de Todas as Telas que funcionam no formato de fluxo contínuo. Ao todo, são 12 produções beneficiadas, de três chamadas públicas diferentes. Os investimentos totalizam 17,08 milhões em recursos do Fundo Setorial do Audiovisual (FSA) e atendem nove longas-metragens para exibição em salas de cinema, duas séries de ficção para a televisão – para emissora aberta e para canal por assinatura – e mais uma série documental para a TV paga.

 

Para os cinemas, são cinco filmes de ficção contemplados pela Chamada Pública PRODECINE 02/16. O drama futurista “Favela hight tech”, de Karim Aïnouz (que divide o roteiro com Toby Finlay), é um dos selecionados. “Mulheres alteradas”, dirigido por Luis Pinheiro e roteirizado por Caco Galhardo, “TAP - Trabalhos de amor perdidos”, em que Rafael Gomes assina a direção e o roteiro, e “Lilith”, de Bruno Safadi e argumento dele e de Fábio Andrade, também garantiram investimento.

 

Ainda dentro desta chamada pública, outro longa-metragem que assegurou recursos foi “O meu sangue ferve por você”, que conta a trajetória do cantor Sydney Magal e tem direção de Paulo Machline, com roteiro de Thiago Dottori e Homero Olivetto. Completa a lista de beneficiados pelo PRODECINE 02/16 o documentário “A virada do século”, dirigido e escrito por Angelo Defanti.

 

Para a televisão, três projetos contemplados na Chamada Pública PRODAV 01/2013. A série "República do Peru", de Carolina Paiva, garantiu recursos para a segunda temporada, a ser exibida na Empresa Brasil de Comunicação (EBC). Outra série de ficção, "Dinheiro é mole", com direção de Paulo Tiefenthaler e Caito Mainier, receberá investimentos para estrear no Canal Brasil. A Chamada Pública também prevê recursos para a série documental "Viver do riso", dirigida por Guto Barra e Tatiana Issa e comandada pela atriz Ingrid Guimarães, para exibição nos canais Globosat.

 

De volta aos cinemas, outros três longas-metragens garantiram investimentos para distribuição nas salas de cinema. “Aspirantes", de Ives Rosenfeld, “Dolores", de Juan Eduardo Dickinson, e "Divinas divas", de Leandra Leal, foram contemplados dentro da Chamada Pública PRODECINE 03/2016.

 

Confira abaixo a ficha técnica dos novos projetos selecionados:

 

PRODAV 01/2013

 

“República do Peru - 2ª temporada” – série de ficção

Produtora: Flora Filmes (RJ)

Programadora: Empresa Brasil de Comunicação - EBC

Direção: Carolina Paiva

Roteiro: Marcia Zanelato

Valor investido pelo FSA: R$ 1,1 milhão  

Sinopse: Segunda Temporada da série sobre três irmãs com mais de 70 anos que alugam um dos quartos de seu apartamento para cobrir dívidas, transformando a casa em uma república da segunda juventude. A série trata de forma proativa a vida e os hábitos da nova terceira idade, formada pelas pessoas que revolucionaram o comportamento do mundo durante os anos 1960 e 1970. 

 

“Dinheiro é mole” – série de ficção

Produtora: Artéria Produções Artísticas (RJ)

Programadora: Canal Brasil

Direção: Paulo Tiefenthaler e Caito Mainier

Roteiro: Paulo Tiefenthaler, Caito Mainier e Arnaldo Branco

Valor investido pelo FSA:  R$ 2,34 milhões

Sinopse: Série que mistura romance, ação e um humor surreal. A produção conta a história de um ex-dublê e uma estudante de cinema que são apaixonados entre si e pelo universo do cinema, mas que precisam arrumar dinheiro para realizar seus sonhos: ela, fazer um curta-metragem para se formar na faculdade e ele, reformar um Puma GTB/S2 1978.

 

“Viver do riso” – série documental

Produtora: Planet Pop (SP)

Programadora: Globosat Programadora

Direção: Guto Barra e Tatiana Issa

Roteiro: Guto Barra

Valor investido pelo FSA: R$ 1,19 milhão

Sinopse: O programa faz um retrato da comédia do país, mostrando novas faces dos grandes humoristas e relembrando personagens, momentos e fases icônicas da TV e do teatro. Comandado por Ingrid Guimarães, investiga temas como as grandes duplas da comédia, o papel da mulher no humor e a incorreção política na piada, entre outros.

 

PRODECINE 02/2016

 

“Favela High Tech” – longa-metragem de ficção

Produtora: Gullane Entretenimento (SP)

Distribuidora: Pandora Filmes

Direção: Karim Aïnouz

Roteiro: Toby Finlay e Karim Aïnouz

Valor investido pelo FSA: R$ 3 milhões

Sinopse: Em um futuro não muito distante, o Japão ainda se recupera de um tsunami que devastou a costa leste e matou a mãe de uma brasileira de vinte e poucos anos. Ex-professora de inglês, ela agora trabalha como hostess em um nightclub de Tóquio e está determinada a deixar o Japão junto com seu pai para retornar ao Brasil de sua infância. 

 

“Mulheres alteradas” – longa-metragem de ficção

Produtora: 02 Cinema (SP)

Distribuidora: Paris Filmes

Direção: Luis Pinheiro

Roteiro: Caco Galhardo

Valor investido pelo FSA: R$ 3 milhões 

Sinopse: O longa acompanha quatro mulheres por cinco estações, enquanto passam por momentos de transformação em suas vidas. Vivendo situações comuns a todas as mulheres, elas acabam descobrindo um pouco mais sobre si mesmas e sobre o mundo que as cerca.

 

“TAP - Trabalhos de amor perdidos” – longa-metragem de ficção

Produtora: Bossa Nova Films (SP)

Distribuidora: Pandora Filmes

Direção e Roteiro: Rafael Gomes 

Valor investido pelo FSA: R$ 2 milhões

Sinopse: Adaptação cinematográfica do texto teatral “Ensaio Para Um Adeus Inesperado”, de Sérgio Roveri. É a história de uma família que, em uma segunda-feira como outra qualquer, é abalada com o suicídio de seu filho mais velho. A tristeza é avassaladora e coloca Andreia, a mãe, em processo de luto e investigação sobre os motivos que levaram ao ato do filho.

 

“Lilith” – longa-metragem de ficção

Produtora: TV Produções (RJ)

Distribuidora: Pandora Filmes

Direção: Bruno Safadi

Roteiro: Bruno Safadi e Fábio Andrade 

Valor investido pelo FSA: R$ 1 milhão

Sinopse: O filme narra a história da primeira mulher da Terra, que veio antes de Eva, que não aceita colocar-se em posição inferior no ato sexual, rebela-se e é punida, relegada ao inferno. Mas ela reaparece como um duplo de Eva, come o fruto proibido e se vinga de Adão, de Deus, e torna-se a primeira mulher da Terra a se insurgir contra a dominante sociedade patriarcal.

 

“A virada do século” – longa-metragem documentário

Produtora: Sobretudo Produção Audiovisual e Artística (RJ)

Distribuidora: Boulevard Filmes

Direção e Roteiro: Angelo Defanti 

Valor investido pelo FSA: R$ 950 mil

Sinopse: O documentário mostra uma das maiores partidas de futebol do país, quando a Sociedade Esportiva Palmeiras entra em campo para jogar, em casa, a final da Copa Mercosul do ano de 2000 contra o Club de Regatas Vasco da Gama.

 

“O meu sangue ferve por você” – longa-metragem de ficção

Produtora: Planetário Filmes (RJ)

Distribuidora: Vitrine Filmes

Direção: Paulo Machline

Roteiro: Thiago Dottori e Homero Olivetto

Valor investido pelo FSA: R$ 2 milhões

Sinopse: O filme retrata a trajetória de Sydney Magal desde o início da carreira, cantando em casas noturnas. Nos anos 70 e 80, ele estoura como um cantor de músicas sensuais e românticas, e alcança popularidade com seu estilo irreverente, carismático, simpático e educado.

 

PRODECINE 03/2016

 

“Aspirantes” – longa-metragem de ficção

Produtora: Crisis Produtivas Comunicação (RJ) 

Distribuidora: Ciclorama Filmes

Direção: Ives Rosenfeld

Roteiro: Ives Rosenfeld e Pedro Freire

Valor investido pelo FSA: R$ 100 mil

Sinopse: O longa-metragem conta a história de Júnior, jogador da equipe de juniores do Bacaxá Esporte Clube, de Saquarema (RJ). Ao descobrir que sua namorada está grávida, ele começa aos poucos a largar os treinos, porque precisa trabalhar, enquanto Bento, seu melhor amigo e antagonista, ganha destaque no time.

 

“Dolores” – longa-metragem de ficção

Produtora: Valkyria Cine (RJ) 

Distribuidora: Tucuman Distribuidora de Filmes

Direção: Juan Eduardo Dickinson

Roteiro: Roberto Scheuer

Valor investido pelo FSA: R$ 200 mil

Sinopse: O filme aborda a história de uma escocesa que retorna à Argentina depois da morte da irmã para cuidar do sobrinho de oito anos. Ela vai atraída também pelo amor platônico de seu cunhado Jack, que se desenrolou durante a Segunda Guerra Mundial, quando Dolores se viu em meio a um triângulo amoroso.

 

“Divinas divas” – longa-metragem de ficção

Produtora: Daza Produção Cultural (RJ) 

Distribuidora: Vitrine Filmes

Direção: Leandra Leal 

Roteiro: Leandra Leal, Carolina Benjamin, Lucas Paraizo e Natara Ney

Valor investido pelo FSA: R$ 200 mil

Sinopse: A produção retrata a intimidade, o talento e as histórias dos ícones da primeira geração de artistas travestis no Brasil dos anos 1960, que tinha como palco principal o Teatro Rival, dirigido por Américo Leal, avô da diretora.

 

Compartilhar
 

Formulário de busca

Plano de Diretrizes e Metas

  • Conselho Superior do Cinema

Mapa de Mostras e Festivais

Mapa de Complexos Cinematográficos

Observatório Brasileiro do Cinema e do Audiovisual

Dados e análises técnicas sobre o mercado audiovisual brasileiro
 

Fundo Setorial do Audiovisual

Fundo destinado ao desenvolvimento da cadeia produtiva do audiovisual
 

Cinema Perto de Você

O programa que está levando mais cinemas para mais brasileiros
 

Carta de Serviços

Informa a sociedade sobre os serviços prestados pela Agência
 
 
OIA
CACI
Acesso à Informação
 
Ícone Webmail Webmail Ícone Mapa Mapa do site SEI
Agência Nacional do Cinema - Ministério da Cultura - Governo Federal