Agência Nacional do Cinema
Translate traduzir ImprimirImprimir 17/08/2004 18:00

ANCINE REALIZOU CICLO DE SEMINÁRIOS SOBRE EXIBIÇÃO DIGITAL(Rio de Janeiro, 01/11/2004)

Primeira etapa do Ciclo de Seminários ANCINE discutirá novos sistemas de exibição durante o Festival de Gramado.

Comunicado à Imprensa

ANCINE realizou Ciclo de Seminários sobre Exibição Digital

Novos sistemas de exibição foram tema dos seminários realizados durante o Festival de Gramado,
e em cidades do Nordeste e Sudeste

Rio de Janeiro, 01/11/2004 - A Agência Nacional do Cinema – ANCINE realizou um Ciclo de Seminários sobre o tema “Cinema Digital: Novas Formas de Exibição”, lançado em 2004 durante o Festival de Cinema de Gramado, RS. A difusão destas informações é de grande importância para os operadores do mercado de cinema, constituindo-se numa revolução irreversível no horizonte comercial de produtores, diretores, distribuidores e exibidores. O primeiro seminário aconteceu no dia 19 de agosto. Depois, o ciclo foi a São Paulo, Rio de Janeiro e Recife. Os seminários familiarizaram os profissionais da atividade com as novas formas de exibição digital que já estão sendo implantadas nos mercados cinematográfico e audiovisual brasileiros e, em alguns casos, com tecnologia 100% nacional.

Para discutir os novos sistemas de exibição, a ANCINE contou com a colaboração de alguns dos mais importantes especialistas no Brasil: Luiz Gonzaga Assis De Luca, José Augusto de Blasiis e Fabio Lima.

- Luiz Gonzaga Assis De Luca é PhD em Ciências da Comunicação pela Escola de Comunicações e Artes da USP e Diretor de Relações Institucionais do Grupo Luiz Severiano Ribeiro. É o autor da única tese brasileira de Doutorado sobre o tema: “Cinema Digital: As mudanças e transformações de um novo cinema”. Foi Superintendente de Comercialização da Embrafilme e produtor de curtas e longas metragens, além de Consultor para seleção de filmes nas comissões do BNDES, do TV-Cinema da TV Cultura e da Petrobras. É também professor do Curso “Film & Television Business” da Fundação Getulio Vargas. Tem amplo conhecimento da área de cinema digital e de novas tecnologias de exibição cinematográfica.

- José Augusto de Blasiis é Diretor de Operações da Casablanca Lab que desenvolveu os novos serviços de pós-produção de cinema do Grupo Casablanca/Teleimage e pioneiro no desenvolvimento e na implantação do parque técnico de pós-produção em HDTV e SD no Brasil. É professor de História da TV e de História do Cinema Brasileiro na Fundação Getulio Vargas. Na UMESP, em São Bernardo do Campo foi responsável pelas cadeiras de Direção de Programas, Técnicas de Produção, História da Cultura e das Artes no Brasil e foi chefe do Departamento de Teoria e Pesquisa.

- Fábio Lima é sócio-fundador da Rain Network, onde atua como Diretor Opercaional. A empresa é especializada em tecnologias de compressão, projeção e som, masterização e distribuição digital. Trabalhou como executivo da LabOne Systems, empresa do Grupo Abril voltada para a convergência de mídias. É consultor de convergência de tecnologia para as principais emissoras de TV do país. Graduou-se em Rádio e Televisão pela Universidade Metodista de São Paulo e foi fundador também da agência de publicidade Simple Quatro e da Interactus Marketing Esportivo.

Os seminários destinaram-se aos operadores do mercado cinematográfico e audiovisual, produtores, diretores, realizadores, distribuidores e exibidores que tiveram a oportunidade de conhecer a nova face tecnológica da indústria no Brasil e no mundo.

Depois do lançamento em Gramado, o ciclo foi às cidades de São Paulo, Rio de Janeiro e Recife durante os meses de agosto e setembro de 2004. Cada seminário teve a duração de 2 dias, à exceção de Gramado, onde a programação foi em turnos corridos. Os seminários tiveram inscrição gratuita e foram abertos aos profissionais da área.

A realização do primeiro Ciclo de Seminários “Cinema Digital: Novas Formas de Exibição”, atende ao disposto no Capítulo IV, Seção I, Artigo 6º. Inciso X, da Medida Provisória 2.228-1, que estabelece Objetivos e Competências da ANCINE, no que se refere ao “estímulo da capacitação dos recursos humanos e o desenvolvimento tecnológico da indústria cinematográfica e videofonográfica nacional”.


Assessoria de Comunicação
ANCINE

 
 
Ícone Webmail Webmail Ícone Mapa Mapa do site SEI
Agência Nacional do Cinema - Ministério da Cidadania - Governo Federal