Agência Nacional do Cinema
Translate traduzir ImprimirImprimir 30/10/2017 12:30

Brasil de Todas as Telas divulga projetos selecionados nas linhas de fluxo contínuo

Longas-metragens, telefilme e séries documentais estão na lista de produções contempladas em cinco chamadas públicas do programa

Preview
Ampliar

A ANCINE e o Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul (BRDE) divulgam mais oito produções contempladas pelo Programa Brasil de Todas as Telas nos editais que funcionam na modalidade de fluxo contínuo. No total, os aportes chegam a mais de R$ 9,16 milhões, em recursos provenientes do Fundo Setorial do Audiovisual (FSA), para seis longas-metragens para cinema, além de uma série e um documentário para TV, em cinco chamadas públicas diferentes.

 

As obras foram aprovadas em cinco editais. “DPA - Detetives do Prédio Azul”, André Pellenz, “O candidato honesto 2”, de Roberto Santucci, e “Todo mundo tem problemas sexuais 2”, de Domingos Oliveira, foram contemplados dentro do PRODECINE 02/2016. A Chamada Pública PRODECINE 04/2013 selecionou “Tais e Taiane”, de Augusto Sevá, enquanto “A ereção de Toríbio Bardelli”, de Adrian Saba, atendeu ao PRODECINE 06/2015. Já o PRODECINE 03/2016 contemplou “Bye bye, Jaqueline”, de Anderson Simão.

 

Para a TV foram duas produções escolhidas dentro do PRODAV 01/2013. Uma é a coprodução Chile-Brasil “Haydee e o peixe voador”, telefilme documentário de Pachi Bustos. A outra é a série documental “A arte de ver o invisível, dirigida por Jorge Saad e apresentada pelo historiador Leandro Karnal.

 

Veja abaixo a ficha técnica completa de cada um dos projetos beneficiados:

 

PRODECINE 02/2016

 

DPA - Detetives do Prédio Azul” – Longa-metragem de ficção

Produtora: Paris Produções Cinematográficas (RJ)

Distribuidora: SM Distribuidora de Filmes

Direção: André Pellenz

Roteiro: Flavia Lins e L.G. Bayão

Valor investido pelo FSA: R$ 3 milhões

Sinopse:  Pippo, Sol e Bento conseguem se infiltrar na festa de Dona Leocádia, a terrível síndica que é uma bruxa. Eles presenciam um crime mágico quase perfeito, que condena o prédio azul a uma demolição de emergência. Os detetives agora são confrontados com o maior caso das suas carreiras: salvar o próprio edifício – e a si mesmos – da destruição.

 

O candidato honesto 2” – Longa-metragem de ficção

Produtora: Camisa Listrada (RJ)

Distribuidora: Freespirit Distribuidora de Filmes

Direção: Roberto Santucci

Roteiro: Paulo Cursino

Valor investido pelo FSA:  R$ 3 milhões

Sinopse:  Quatro anos depois, às vésperas de novas eleições presidenciais, o político corrupto João Ernesto Ribamar, que foi preso após um ataque de honestidade, sai da prisão e volta às manchetes dos jornais. Em um feito heroico, resgata um garotinho que se afogava na praia perto de sua casa e se torna o queridinho dos eleitores. Só que João agora se dedica ao canto lírico, quer apenas levar sua vida sossegado e diz que não volta para a política.

 

Todo mundo tem problemas sexuais 2” – Longa-metragem de ficção

Produtora: Teatro Ilustre Produções Artísticas (RJ)

Distribuidora: Forte Filmes Produções Artísticas

Direção: Domingos Oliveira

Roteiro: Domingos Oliveira

Valor investido pelo FSA: R$ 2 milhões

Sinopse: Sequência do longa-metragem, com vários curtas recheados de diálogos secos, como de certas recentes comédias do gênero, porém valorizando a parte sentimental das histórias.

 

PRODECINE 04/2013

 

Tais e Taiane” – Longa-metragem de ficção

Produtora: Albatroz Cinematográfica (SP)

Distribuidora: Raiz Distribuidora Audiovisual

Direção: Augusto Sevá

Roteiro: Augusto Sevá

Valor investido pelo FSA:  R$ 298.403,00

Sinopse: O longa-metragem conta as aventuras e sonhos de duas meninas pelas estradas do coração do Brasil durante três dias.

 

PRODECINE 06/2015

 

A ereção de Toríbio Bardelli” – Longa-metragem de ficção

Produtora: 3 Moinhos Produções Artísticas (RJ)

Distribuidora: Livres Distribuidora de Audiovisual

Direção: Adrian Saba

Roteiro: Adrian Saba

Valor investido pelo FSA: R$ 250 mil

Sinopse: Aos 70 anos, Toribio é um viúvo egoísta e solitário que vê os seus melhores amigos morrerem aos poucos, enquanto se torna obcecado por voltar a ter uma vida sexualmente ativa. Em busca da tão sonhada ereção, ele se confronta com o passado e se envolve numa série de situações absurdas, que acabam o reaproximando dos seus três problemáticos filhos.

 

PRODECINE 03/2016

 

Bye bye, Jaqueline” – Longa-metragem de ficção

Produtora: O Quadro Produções (PR)

Distribuidora: Daniela Gouveia Menegotto

Direção: Anderson Simão

Roteiro: Wellington Sari

Valor investido pelo FSA:  R$ 200 mil

Sinopse: Aos 16 anos, Jaqueline é uma aluna nova e bolsista de uma grande escola particular. Apaixonada por Fernando, ela tem como confidente e melhor amiga a extrovertida Amanda, que, no passado recente, já teve um caso com o garoto. Ao mesmo tempo, o melhor amigo de Fernando faz uma aposta para ver quem fica com Jaqueline primeiro, mas acaba se apaixonando pela garota.

 

PRODAV 01/2013

 

Haydee e o peixe voador” – Telefilme documentário

Produtora: Giros Projetos Audiovisuais (RJ)

Programadora: Synapse Programadora de Canais de TV

Direção: Pachi Bustos

Roteiro: Pachi Bustos e Paola Castillo

Valor investido pelo FSA: R$ 133 mil

Sinopse: Brutalmente torturada pela ditadura militar chilena quando tinha 21 anos, Haydee quer se despedir de seu filho e o fará no mar, em uma cerimônia de libertação para retirá-lo simbolicamente da prisão onde morreu, em Valparaiso. Ela volta a se encontrar com seus algozes em um julgamento sem precedentes no Chile.

 

A arte de ver o invisível” – Série documental

Produtora: BSB Serviços Cinegroup (DF)

Programadora: Newco Programadora e Produtora de Comunicação

Direção: Jorge Saad

Roteiro: Otávio Chamorro

Valor investido pelo FSA: R$ 283.635,00

Sinopse: Dividida em cinco episódios de 26 minutos, a série se propõe a debater o poder da arte. Em uma peregrinação por museus brasileiros, o historiador Leandro Karnal irá mostrar que, quando vemos quadros, gravuras, esculturas e instalações, somos transportados para um plano superior, um espaço mais vasto que o da ação física: o terreno do “invisível”.

 
 
Ícone Webmail Webmail Ícone Mapa Mapa do site SEI
Agência Nacional do Cinema - Ministério da Cidadania - Governo Federal