Agência Nacional do Cinema
Translate traduzir ImprimirImprimir 04/02/2019 10:13

Diretor-presidente da ANCINE realiza primeira reunião do ano com representantes do mercado audiovisual

Objetivo do encontro foi apresentar as ações de 2019 e fazer um retrospecto do ano anterior

Preview
Ampliar
O diretor-presidente da ANCINE, Christian de Castro, se reuniu na última sexta-feira, 01 de fevereiro, com entidades e associações do mercado audiovisual para um balanço do ano de 2018 e para apresentar as futuras ações para 2019.
 
Christian de Castro iniciou a reunião apresentando o novo assessor internacional da ANCINE, Adam Jayme. Diplomata de carreira, Adam foi até dezembro de 2018 o Diretor de Assuntos Internacionais do Ministério da Cultura.
 
Em seguida, reafirmando o compromisso de sua gestão com a transparência, o diretor-presidente esclareceu três acontecimentos recentes que ocorreram no âmbito da Agência: a investigação do Ministério Público, que corre em segredo de justiça; a auditoria interna em projetos que utilizaram recursos provenientes do artigo 39 da MP 2228-1, encaminhada à Secretaria Especial da Cultura, ao Tribunal de Contas da União, à Corregedoria Geral da União e ao Ministério Público Federal; e a representação do Tribunal de Contas da União (TCU) sobre a prestação de contas de recursos do Fundo Setorial do Audiovisual.
 
“Fizemos sete reuniões com a SeCex-RJ do TCU em 2017. Têm sido muito produtivos os encontros, pois estamos todos de acordo com a necessidade de aperfeiçoamento dos instrumentos de controle no que diz respeito à aplicação de recursos públicos. Antes mesmo da manifestação do TCU, havíamos elaborado um diagnóstico muito parecido com os problemas identificados por eles.  Nosso Plano de Ação, aprovado pela Diretoria e encaminhado ao TCU, já está em andamento”, explicou Christian.
 
Christian de Castro falou também da boa relação que a ANCINE vem desenvolvendo com o Governo Federal, em especial com o Ministério da Cidadania e com a Secretaria Especial de Cultura.
 
Para este ano, Castro adiantou que nas próximas semanas será anunciado o resultado final da Chamada Pública de Produção para TV e que a expectativa é que os novos membros do Comitê Gestor do FSA e do Conselho Superior do Cinema tomem posse tão logo o Governo anuncie o quantitativo de representantes em cada órgão.  “Na primeira reunião do Comitê Gestor vamos apresentar um panorama e um diagnóstico das linhas de investimento do FSA. A partir daí queremos analisar o que deve ou não ser replicado este ano. Temos um pensamento que devemos priorizar os investimentos nas empresas, para que elas se fortaleçam”, avalia. Para este ano, a estimativa é que o Plano Anual de Investimento do FSA continue no patamar dos anos anteriores, de cerca de R$ 700 milhões.      

Estiveram presentes à reunião Oscar Simões, representante da ABTA; Mauro Garcia e Marcos Altberg, representantes da BRAVI; Leonardo Edde, representante do SICAV; Bruno Wainer, representante da ADIBRA; Beto Rodrigues, do FAMES; Gustavo Suerus, representante da TV Globo; Andressa Pappas, Maurício Fittipaldi e Roberto Jucá, representantes da MPAA; Paulo Schmidt, representando a APRO e o SIAESP; Renato Barbieri, representante do CONNE; Marcos Bitelli, representante da TAP.
 
 
Ícone Webmail Webmail Ícone Mapa Mapa do site SEI
Agência Nacional do Cinema - Ministério da Cidadania - Governo Federal