Agência Nacional do Cinema
Translate traduzir ImprimirImprimir 14/03/2019 18:49

Diretor-presidente da ANCINE se reúne no Itamaraty em Brasília

Na pauta, internacionalização do setor, combate à pirataria e cooperação técnica internacional

Preview
Ampliar
O diretor-presidente da ANCINE, Christian de Castro, acompanhado do chefe de gabinete, Juliano Vianna, cumpriu esta semana uma agenda de reuniões em Brasília. Na quarta-feira, 13 de março, Christian se encontrou com o embaixador Ruy Pereira, diretor da Agência Brasileira de Cooperação – ABC, órgão vinculado ao Ministério das Relações Exteriores. Criada em 1987, a Agência atua na coordenação, execução e avaliação de programas e ações de cooperação técnica e humanitária internacionais do Brasil. A cooperação visa a acelerar o processo de desenvolvimento social e econômico brasileiro, com a capacitação de instituições nacionais via transferência de tecnologia e conhecimento.
 
 
Christian de Castro considera que um possível projeto de cooperação técnica com um organismo internacional poderia contribuir para o fortalecimento institucional da ANCINE, aprofundando a capacidade de análise e de resposta da Agência.  “Desejo estimular na minha gestão a qualificação dos quadros da ANCINE para a avaliação e o desenho das políticas públicas para o desenvolvimento da indústria do audiovisual. São inúmeras as demandas na Agência que poderiam se beneficiar de um projeto de cooperação”, acredita. 
 
 
Entre os projetos apresentados pelo diretor-presidente estão estudos de impacto econômico dos instrumentos federais de financiamento ao setor; identificação de possíveis novos incentivos para a indústria e para a atração de investimentos estrangeiros; e estudos de cenários de estratégia comercial e de viabilidade que possam melhorar a performance das empresas dos diversos elos da cadeia. 
 
 
 As autoridades conversaram sobre a possibilidade de desenvolver um projeto de cooperação com algum organismo internacional com vistas fortalecimento institucional e desenvolvimento do mercado audiovisual. 
 
 
Na quinta-feira, 14 de março, o diretor-presidente se reuniu com o Secretário-Geral das Relações Exteriores, embaixador Otávio Brandelli.  Christian de Castro apresentou um panorama das mudanças implementadas em sua gestão desde que assumiu o comando da ANCINE em janeiro de 2018. “Desde que assumi, dei início a um processo de turnaround completo da instituição, com redução de custos, desburocratização, automação, transparência, melhoria do controle e gestão baseada em dados”, explicou.
 
 
Christian de Castro esclareceu ainda que a ANCINE vem trabalhando em duas importantes frentes: o combate à pirataria e a internacionalização do produto audiovisual brasileiro. “Uma prioridade minha à frente da ANCINR é o combate à pirataria. Em 2018, a ANCINE passou a integrar o Conselho Nacional de Combate à Pirataria e Delitos Contra a Propriedade Intelectual e a coordenar uma Câmara Técnica de Combate à Pirataria criada pela Diretoria Colegiada. Além disso, criei uma nova coordenação operacional antipirataria dentro da Agência na área de fiscalização. A ANCINE vem buscando identificar melhores práticas internacionais de combate à pirataria de obras audiovisuais”. 
 
 
Com o aumento das exportações de serviços audiovisuais brasileiros e o crescimento de investimentos nas coproduções, o diretor-presidente acredita também que iniciativas pela internacionalização do setor audiovisual podem elevar a imagem do Brasil no exterior. “Buscamos aumentar o número de tratados de coprodução do Brasil com outros países. Estamos em processo de elaboração de uma minuta padrão que contemple todos os interesses brasileiros e possa servir de base para negociação de novos tratados. Mapeamos inúmeros países com potencial para negociação de novos tratados de coprodução”, disse ele.
 
 
Ícone Webmail Webmail Ícone Mapa Mapa do site SEI
Agência Nacional do Cinema - Ministério da Cidadania - Governo Federal