Agência Nacional do Cinema
Translate traduzir ImprimirImprimir 28/02/2019 18:46

Edital de Coprodução Mundo: Modalidades de Cinema têm inscrições encerradas

Devido à grande demanda, inscrições para as modalidades A1 e A2 foram encerradas nesta quinta-feira (28). Modalidades de TV continuam com inscrições abertas

 

Preview
Ampliar
Considerando o grande volume de projetos inscritos, com uma demanda por recursos que superou em larga escala o valor disponibilizado pelo edital, as inscrições para as Modalidades de Cinema A1 e A2 da Chamada Pública de Coprodução Internacional 2019, abertas nos dias 27/02 e 18/02, respectivamente, foram encerradas ao fim do dia desta quinta-feira, 28 de fevereiro.
 
 
Na Modalidade A1, destinada a coproduções majoritárias de projetos de obras cinematográficas de longa-metragem, foram concluídas 135 inscrições, totalizando o valor de R$ 235,5 milhões, envolvendo coprodutoras minoritárias de 19 países, entre os quais se destacam Argentina (com 28 coproduções), Portugal (23), França (23) e Estados Unidos (11).
 
 
Para a Modalidade A2, destinada a coproduções minoritárias de projetos de obras cinematográficas de longa-metragem, foram concluídas 57 inscrições, totalizando o valor de R$ 42,5 milhões, envolvendo coprodutoras majoritárias de 21 países, destacando-se Argentina (17), Colômbia (8),  Portugal (8) e  Peru (6).
 
 
Abaixo a listagem das inscrições, com número de protocolo e horário: 
 
 
 
 
Cabe ressaltar que o processo seletivo deste edital inclui a avaliação artística das propostas, com decisão final pelo Comitê de Investimento do FSA. Portanto, embora a ordem de análise dos projetos siga o horário das inscrições, como em todo processo de fluxo contínuo, tal ordem não garante o investimento no projeto.
 
 
A próxima etapa do processo seletivo da Chamada será a verificação do atendimento às condições de habilitação. Em seguida, ocorre a pontuação dos projetos, que será feita pela ANCINE, nos critérios objetivos, e por pareceristas externos, nos critérios artísticos. Obtida a nota mínima equivalente a 5 pontos, de um total de 10 possíveis, os projetos seguirão para avaliação pelo Comitê de Investimento.
 
 
Serão dispensados da avaliação por sistema de pontuação os projetos de obras que já tenham sido contemplados com investimentos do FSA na produção, ingressando diretamente à fase de Decisão do Investimento.
 
 
Caso haja necessidade de defesa oral, a convocação para reunião presencial será feita por meio de comunicação à proponente, na forma de correspondência eletrônica ao endereço informado no sistema de inscrição.
 
 
A Chamada Pública de Coprodução Internacional 2019, que disponibiliza o valor total de R$ 36,8 milhões do FSA, conta ainda com outras duas modalidades, destinadas a projetos para televisão, em coprodução majoritária (B1) ou minoritária (B2), cujas inscrições, iniciadas em 13 de fevereiro, continuam abertas. 
 
 
Cada projeto poderá ser inscrito em apenas uma das modalidades. 
 
 
O Edital e outros documentos relativos à Chamada estão disponíveis nos links abaixo:
 
 
 
 
 
Ícone Webmail Webmail Ícone Mapa Mapa do site SEI
Agência Nacional do Cinema - Ministério da Cidadania - Governo Federal