Agência Nacional do Cinema
Translate traduzir ImprimirImprimir 31/10/2018 11:26

Edital de Fluxo Contínuo de Produção para Cinema habilita projetos na Modalidade B

Valor total do aporte é de R$ 52 milhões; habilitação ainda é preliminar

 

Preview
Ampliar

A ANCINE divulgou nesta quarta-feira, 31/10, a relação dos projetos habilitados para a etapa de contratação na Modalidade B da Chamada Pública BRDE/FSA Fluxo Contínuo Produção para Cinema 2018

 

Essa Chamada, dividida em quatro modalidades, se destina à seleção de propostas, de forma automatizada, para investimento do Fundo Setorial do Audiovisual – FSA em projetos de produção de obras cinematográficas de longa-metragem apresentados por meio de produtoras brasileiras independentes e distribuidoras brasileiras independentes. O valor total disponibilizado é de R$ 180 milhões. Para a Modalidade B, destinada a projetos cujo proponente é uma produtora brasileira independente, são destinados R$ 55 milhões.

 

Foram habilitados 21 projetos, de 17 produtoras e 10 distribuidoras, no valor total de R$ 52 milhões. A habilitação ainda é preliminar. Um projeto aguarda decisão de reenquadramento do Comitê de Investimento de Cinema, no valor de R$ 3 milhões.

 

Enquanto houver saldo de recursos, novas atualizações serão divulgadas, à medida que projetos retornem do Comitê de Investimento, quando for o caso.

 

A lista de projetos habilitados pode ser consultada aqui.

 

Nas próximas semanas serão anunciados os projetos habilitados na Modalidade C (destinada a projetos de longa-metragem de produtoras sediadas nas Regiões Norte, Nordeste e Centro-Oeste, na Região Sul e nos estados de Minas Gerais e Espírito Santo), e na Modalidade D (destinada à complementação de recursos de projetos que tenham como proponente produtora brasileira independente).

 

 

 

 
 
Ícone Webmail Webmail Ícone Mapa Mapa do site SEI
Agência Nacional do Cinema - Ministério da Cultura - Governo Federal