Agência Nacional do Cinema
Translate traduzir ImprimirImprimir 03/10/2018 18:15

Modalidade C do Fluxo de Cinema é suplementada em R$ 25 milhões

Dobrou o volume de recursos disponíveis para projetos de produtoras regionais; em função da grande demanda, inscrições na modalidade foram suspensas por tempo indeterminado

Preview
Ampliar

Foi publicada nesta quarta-feira, 3 de outubro, no Diário Oficial da União, a Resolução 175 do Comitê Gestor do Fundo Setorial do Audiovisual que suplementa em R$ 25 milhões os recursos disponíveis na Modalidade C da Chamada BRDE/FSA Fluxo Contínuo Produção para Cinema, que agora passa a contar com R$ 50 milhões.

 

Destinada a projetos de longa-metragem de produtoras sediadas nas Regiões Norte, Nordeste e Centro-Oeste, na Região Sul e nos estados de Minas Gerais e Espírito Santo, a Modalidade C teve suas inscrições abertas na terça-feira, 2/10; devido à grande demanda, as inscrições foram suspensas por tempo indeterminado.

 

As análises de enquadramento dos projetos inscritos serão iniciadas em 16/10. Conforme previsto no Edital, aquelas propostas que precisarem de reenquadramento serão encaminhadas ao Comitê de Investimento de Cinema do FSA. Neste caso, as proponentes com reenquadramento indeferido terão 10 dias para interporem recurso, a partir da data da decisão do C.I. A etapa de Habilitação será feita na ordem de inscrição dos projetos.

 

Foram inscritos 152 projetos de 106 produtoras dos estados listados abaixo; 94 projetos são da CONNE (Regiões Norte, Nordeste e Centro-Oeste) e 58 são do FAMES (Região Sul, MG e ES).

 

 

 

 

Em relação às empresas distribuidoras, a proporção dos 152 projetos inscritos por unidades da Federação e regiões foi a seguinte – lembrando que todos os projetos são de produtoras sediadas nas Regiões Norte, Nordeste e Centro-Oeste, na Região Sul e nos estados de Minas Gerais e Espírito Santo:

 

 

 

 
 
Ícone Webmail Webmail Ícone Mapa Mapa do site SEI
Agência Nacional do Cinema - Ministério da Cidadania - Governo Federal