Agência Nacional do Cinema
Campanha O audiovisual brasileiro é o Brasil assistindo ao Brasil
Ícone Fale Conosco Ícone Facebook Ícone Twitter Ícone You Tube Ícone Google + Ícone RSS    
Tamanho da letra
  • botão de diminuição de letra
  • botão para letra voltar ao tamanho normal
  • botão para aumento de letra
Translate traduzir ImprimirImprimir 19/12/2016 17:45

Novos projetos para cinema e TV recebem investimentos do Programa Brasil de Todas as Telas

Onze projetos receberão recursos do Fundo Setorial do Audiovisual

Preview
Ampliar

A ANCINE e o Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul (BRDE) divulgaram uma nova lista com 11 projetos para cinema e TV, inscritos em chamadas públicas de fluxo contínuo, que serão contemplados com investimentos do Programa Brasil de Todas as Telas. São dois longas-metragens para as salas de cinema (um documentário e uma ficção), e nove projetos para a TV, sendo seis séries e três telefilmes, todos eles documentais. O investimento total é de cerca de R$ 8,5 milhões, em recursos do Fundo Setorial do Audiovisual (FSA).

 

Pela Chamada Pública PRODECINE 02/2016, na qual as distribuidoras apresentam projetos de produção de longas-metragens, foram contemplados o documentário "Fluxos - da praieira ao mar sem fim", de Marcelo Luna, apresentado pela Lume Filmes, e a comédia "Carlão e Carlinhos", de Pedro Amorim, projeto apresentado pela Downtown.

 

Já a Chamada Pública PRODAV 01/2013 aprovou investimentos em nove projetos para as grades de programação das TVs por assinatura. Três deles têm veiculação inicial prevista para o canal Arte 1 ("São Paulo, meu humor", de Tadeu Jungle; "Rubens Gerchman - Atemporal”, de Pedro Rossi e Bernardo Pinheiro Mota; e "Ele era assim: Ary Barroso”, de André Weller); e dois para o canal Curta! ("Clementina”, de Ana Rieper, e "Operação Pedro Pan", de Maurício Dias). Finalizam a lista a terceira temporada de "O milagre de Santa Luzia", de Sergio Roizenblit, para o CineBrasil TV; "Vinhos BR", para o Travel Box Brazil; "Fazendas históricas”, para a TV Leste; e "Transgente”, para o Canal Brasil.

 

Confira abaixo as fichas técnicas dos projetos contemplados:

 

PRODECINE 02/2016

 

“Fluxos - Da praieira ao mar sem fim” – Documentário
Produtora: D7 Filmes (PE)
Distribuidora: Lume Filmes
Direção e Roteiro: Marcelo Luna
Valor investido pelo FSA: R$ 600 mil
Sinopse: O filme parte de um fato histórico no século XIX – a  Insurreição Praieira e a consequente fundação da cidade de Moçâmedes, no sul de Angola, por viajantes que partiram de Pernambuco, no Brasil – para narrar uma aventura da imigração em nossos tempos.

 

“Carlinhos & Carlão” – Ficção
Produtora: Migdal Produções Cinematográficas (RJ)
Distribuidora: Downtown Filmes
Direção: Pedro Amorim
Roteiro: Carolina Castro e Célio Porto
Valor investido pelo FSA: R$ 2,9 milhões
Sinopse: Carlão é a personificação do machismo. Tem preconceito com todos que não são como ele. Odeia gays e acha que lugar de mulher é na cozinha. Carlão é no geral detestável! E precisa de uma sacudida. Isso acontece quando ele canta uma mãe de santo. Tamanha a vulgaridade, ela faz um trabalho para ele. De dia, ele continua a ser Carlão… mas quando cai o sol, baixa Carlinhos - gay, rei da night e chamativo - o tipo que ele adora encher de porrada.

 

PRODAV 01/2013

 

"São Paulo, meu humor” – Série documental
Produtora: Filmes Mais
Programadora: Arte 1
Direção: Tadeu Jungle
Roteiro: Victor Teixeira, Ana Durães e Toninho Mendes
Valor investido pelo FSA: R$ 557 mil
Sinopse: A série “São Paulo, meu humor”, livremente inspirada pelo livro "Humor Paulistano", de Toninho Mendes, conta a história da Circo Editorial, a editora dos grandes humoristas dos quadrinhos paulistanos da década de 80. Angeli, Laerte, Luiz Gê, Glauco, Alcy, Chico e Paulo Caruso estarão representados nos episódios.

 

"O milagre de Santa Luzia - 3ª temporada” – série documental
Produtora: Miração Filmes (SP)
Programadora: CineBrasil TV
Direção: Sergio Roizenblit
Roteiro: Ana Roxo
Valor investido pelo FSA: R$ 608 mil
Sinopse: Terceira temporada da série que realiza a pesquisa e divulgação da rica e vasta cultura brasileira, mantendo o formato musical e documental já consagrado. A nova temporada terá um enfoque específico, buscando mulheres que produzam musica ligada ao Brasil profundo.

 

"Vinhos BR” – série documental
Produtora: ML Produções (RJ)
Programadora: Travel Box Brazil
Direção e Roteiro: Malu de Martino
Valor investido pelo FSA: R$ 487 mil
Sinopse: A série pretende mostrar como a tradição e a modernidade se completam nas atuais exigências do mercado de vinhos. O programa vai visitar 13 vinícolas e numa conversa franca com os patriarcas e seus herdeiros, a série vai mostrar a história dessas famílias, o desdobramento dos investimentos feitos pelas novas gerações e os segredos da produção de vinho no Brasil nos dias atuais.

 

"Rubens Gerchman - Atemporal” – série documental
Produtora: Coevos Filmes (RJ)
Programadora: Arte 1
Direção e roteiro: Pedro Rossi e Bernardo Pinheiro Mota
Valor investido pelo FSA: R$ 416 mil
Sinopse: Série documental sobre a vida pessoal e profissional de Rubens Gerchman. Estruturada a partir da cronologia da sua atuação como artista, cada episódio dará conta de um momento específico de sua carreira: do início da atividade como impressor e diagramador até a fase dos "beijos" - ícones de sua obra -, passando também pela sua importante militância na educação, cujo ápice foi a criação da Escola de Artes Visuais do Parque Lage.

 

"Clementina” – telefilme documentário
Produtora: Dona Rosa Produções Artísticas (RJ)
Programadora: Canal Curta!
Direção: Ana Rieper
Roteiro: Marco Abujamra
Valor investido pelo FSA: R$ 480 mil
Sinopse: Documentário sobre a vida e obra da cantora Clementina de Jesus, que tem como foco seu importante papel, a partir da década de 1960, na redescoberta do samba de raiz e das raízes do samba, num momento em que a “assepsia” e a “limpeza” dominavam a música brasileira. O filme abordará ainda a dramática história pessoal da cantora, empregada doméstica “descoberta” apenas aos 63 anos de idade por Hermínio Bello de Carvalho.


"Fazendas históricas” – série documental
Produtora: Medialand Produção e Comunicação (SP)
Programadora: TV Leste
Direção: Carla Albuquerque
Roteiro: Beto Ribeiro
Valor investido pelo FSA: R$ 380 mil
Sinopse: A série propõe uma viagem no tempo pelo telespectador, permitindo que ele descubra como e por que as fazendas de café nasceram e foram importantes meios de produção no país, aliado diretamente com a própria História do Brasil.

 

"Ele era assim: Ary Barroso” – telefilme documentário
Produtora: Documenta Produções (RJ)
Programadora: Arte 1
Direção: André Weller
Roteiro: Angela Zoe
Valor investido pelo FSA: R$ 512 mil
Sinopse: O documentário aborda a vida e obra do músico, compositor e grande artista que foi Ary Barroso.

 

"Transgente” – série documental
Produtora: Inffinito Entretenimento e Comunicações (RJ)
Programadora: Canal Brasil
Direção: Adriana L. Dutra e Malu de Martino
Roteiro: Christiana Albuquerque
Valor investido pelo FSA: R$ 402 mil
Sinopse: A série documental aborda o universo dos transgêneros no Brasil a partir de sua própria perspectiva: o que eles pensam sobre sua condição, suas vidas, seus corpos, suas dificuldades e suas conquistas. O fio condutor da narrativa são as etapas de transformação dos personagens e como eles e pessoas ao seu redor lidam com a nova realidade e as perspectivas decorrentes da mudança de gênero.

 

"Operação Pedro Pan" - telefilme documentário
Produtora: Filmart Produções Artísticas
Programadora: Canal Curta!
Direção: Maurício Dias
Roteiro: Kênya Zanatta
Valor investido pelo FSA: R$ 1 milhão
Sinopse: Entre 26 de dezembro de 1960 e 23 de outubro de 1962, 14.048 crianças e adolescentes cubanos embarcaram para um voo sem passagem de volta. Eles foram confiados à igreja católica de Miami por suas famílias, assustadas com a aproximação entre Cuba e a União Soviética. O maior êxodo de menores registrado no Ocidente durante o século passado ganhou o nome “Operação Pedro Pan” e teve seu auge entre a tentativa frustrada de invasão da Baía dos Porcos e a crise dos mísseis. Neste filme, pretendemos seguir a trajetória de alguns Pedro Pans, que nos contarão suas lembranças da vida na ilha, da partida e dos primeiros anos de exílio.

 

Saiba mais sobre o Programa Brasil de Todas as Telas

 

O Programa Brasil de Todas as Telas, lançado em julho de 2014, foi moldado para atuar na expansão do mercado e na universalização do acesso às obras audiovisuais brasileiras. Trata-se de uma ampla ação governamental que visa transformar o País em um centro relevante de produção e programação de conteúdos audiovisuais. Foi formulado pela ANCINE em parceria com o MinC, e com a colaboração do setor audiovisual por meio de seus representantes no Comitê Gestor do Fundo Setorial do Audiovisual - FSA.

 

Os resultados do Programa vêm superando as metas estabelecidas. Até outubro deste ano, foram 486 longas-metragens e 476 séries ou telefilmes apoiados. A aposta no investimento em desenvolvimento de projetos também foi bem-sucedida, rendendo a estruturação de 69 núcleos criativos em todas as regiões do país, e garantindo o desenvolvimento de 769 novos projetos de obras audiovisuais.

 

Em seu terceiro ano, o Programa Brasil de Todas as Telas garante a continuidade de uma política pública vigorosa para o audiovisual brasileiro. Para dar previsibilidade às suas ações de investimento, a ANCINE disponibilizou o Calendário de Financiamento para o biênio 2016/2017, que traz as datas previstas para a abertura e divulgação de resultados das chamadas públicas do Programa.

 

 

 

Formulário de busca

Plano de Diretrizes e Metas

  • Conselho Superior do Cinema

Mapa de Mostras e Festivais

Mapa de Complexos Cinematográficos

Observatório Brasileiro do Cinema e do Audiovisual

Dados e análises técnicas sobre o mercado audiovisual brasileiro
 

Fundo Setorial do Audiovisual

Fundo destinado ao desenvolvimento da cadeia produtiva do audiovisual
 

Cinema Perto de Você

O programa que está levando mais cinemas para mais brasileiros
 

Carta de Serviços

Informa a sociedade sobre os serviços prestados pela Agência
 
 
OIA
CACI
Acesso à Informação
 
Ícone Webmail Webmail Ícone Mapa Mapa do site SEI
Agência Nacional do Cinema - Ministério da Cultura - Governo Federal